SILEX 700

Gravel & Adventure Bike 2018/2019

“A SILEX 700 ganha porque tem uma combinação insuperável em termos de montagem e geometria, que proporciona estabilidade e confiança. Claramente inspirada nas BTT, a experiência em cima da SILEX é excelente, tanto no asfalto como na terra.

Destaca-se, sobretudo, o seu ADN claramente importado das BTT, a sua estabilidade e a diversão que imprime em cada quilómetro, além de poder montar um amplo catálogo de bolsas e alforges que nos ajudarão a completar todo o tipo de aventuras.”

O quadro conta com tubos muito trabalhados e não aparenta ter a aparência de um quadro de alumínio devido aos acabamentos tão finos nas soldaduras. A direção, notavelmente larga, incita a rolar com as mãos na parte inferior do guiador e é precisamente aí que a SILEX demonstra todo o seu carácter. Além disso, o comprimento da direção elimina a necessidade de levar espaçadores debaixo do avanço. De facto, é um quadro que está pensado para não usar espaçadores e assim otimizar a rigidez da direção, da forqueta e no guiador.

O tubo superior é maior, uma clara influência do BTT, mas o comprimento total foi encurtado pelo comprimento do avanço, muito menor do que numa bicicleta de estrada. A postura que adquires em cima da SILEX surpreende pelo seu conforto e pela estabilidade que confere.

A bicicleta monta pneus 35C de série, mas pode levar pneus muito mais largos, de facto, pode-se fazer a conversão para 650B e montar pneus de até 2.2”, se procurarmos um uso mais radical.

A bicicleta proporciona uma sensação de agilidade e rapidez no asfalto e é de fácil condução, sendo muito divertida em singletracks e trilhos. Os pneus Maxxis de série têm a banda central totalmente lisa com tacos nos flancos. É um pneu que funciona muito bem em condições de terreno seco ou misto, mas se o objetivo é um uso mais próprio de BTT, ou se a ideia é andar em lama, é melhor procurar uma opção mais apropriada para essas condições.

O grupo Ultegra completo é sempre uma escolha vencedora. Conta com a máxima fiabilidade dos componentes Shimano, enquanto as rodas Fulcrum são robustas e fiáveis, inclusive nos singletracks mais degradados.

Desde o primeiro minuto em cima da SILEX já nos demos conta que prefere ir encosta abaixo e com velocidade. A geometria permite mover-se com muita liberdade, oscilando o peso de lado a lado ou para a frente e para trás. Nunca nos deu a sensação de ser muito nervosa ou de que iríamos perder o controlo sobre as nossas ações.  Sem dúvida que a SILEX é muito diferente das restantes gravel, diferente de uma forma agradável e sobretudo divertida.

A escolha que a Merida fez em termos de geometria, avanço curto e guiador largo é acertada e algo que a diferencia das demais. Não perde nada em termos de versatilidade que se espera de uma gravel, mas no entanto proporciona muito mais controlo e confiança nas descidas e nas zonas mais técnicas.

Toda a gama Silex parte do mesmo conceito e existem versões mais económicas como a SILEX 300 que podem ser mais atrativas para um público mais generalista e se já queremos dar o passo definitivo, podes ver a gama SILEX de carbono na qual o modelo 9000 fará as delícias dos aventureiros mais exigentes.

Send this to a friend

preloader